Siga-nos!
 siga-nos no twitter
27º Encontro Arquidiocesano de CEBs

 27º Encontro Arquidiocesano de CEBs - "CEBs e Juventudes"Clique para baixar o subsídio

"Lá vem o trem das CEBs caminhando com seu povo,

escuta meu amigo, venha ver o que há de novo!"

Comprometidos com esse jeito de ser Igreja, nas Comunidades Eclesiais de Base, queremos ser no meio dos pobres e como pobres constituídos como POVO e POVO DE DEUS, fermento, sal e luz, ajudando a impulsionar o protagonismo dos que precisam das mudanças, apoiando, incentivando e ajudando a organizá-los para, frente à globalização do capital, construir a globalização da esperança, fundada na solidariedade, com justiça social e ambiental.

Para isto te convidamos a participar do 27º Encontro de CEBs da Arquidiocese de Porto Alegre, que será realizado nos dias 18 e 19 de maio, na festa de Pentecostes, tempo especial de bençãos e de graça para a nossa Igreja e nosso povo!

O encontro será na Rede de Comunidades Jesus de Nazaré, bairro Mário Quintana, zona norte de Porto Alegre, chão de povo simples e hospitaleiro que vai ficar muito feliz em acolher cada um e cada uma. E a Igreja, o POVO DE DEUS da arquidiocese de Porto Alegre, vai crescer com as CEBs e as CEBs vão crescer na caminhada da nossa Igreja. 

O subsídio pode ser baixado neste link.  Com o tema "CEBs e Juventudes" trazemos algumas dicas para reflexão sobre a temática do encontro através de roteiros de encontro para os grupos de jovens e também um roteiro de celebração!

 
Pastoral da Juventude reafirma luta contra a violência em Seminário Nacional

Pastoral da Juventude reafirma luta contra a violência em Seminário Nacional

 “Não à redução da maioridade penal e sim a favor da vida das juventudes”. Esse foi o grito dos mais de 150 participantes do Seminário da Campanha Nacional contra a Violência e Extermínio de Jovens ao encerrarem a atividade realizada, em Taguatinga (DF), entre os dias 03 a 05 de maio de 2013.

O evento reuniu pessoas de todo país. Jovens e adultos, religiosos, leigos, que aprofundaram os caminhos para fortalecer a pauta sobre a defesa da vida da juventude e garantia de seus direitos. “A Campanha já se estabeleceu, mas ela precisa ter uma continuidade. Agora temos um olhar de onde a gente está e para onde a gente vai”, afirmou a jovem Elisangela Hahn, da Arquidiocese de Curitiba no Paraná, ao avaliar a importância da atividade.
Para se estabelecer os caminhos para a Campanha foram abordados seis temas centrais: violência e extermínio; tráfico humano (prostituição e trabalho escravo); violência e uso de drogas; redução da maioridade penal; aprisionamento e cárcere; e segurança pública, educação e trabalho. Para a assessora Arleth Gonçalves, da Arquidiocese de Belém do Pará, o extermínio da juventude não pode continuar invisível para a sociedade. “Por isso, os jovens do Brasil se reuniram para dar horizonte à Campanha, levando de volta para os seus estados a esperança que muitas vezes é perdida devido a tantas forças contrárias à nossa causa”, frisou a assessora.
Não só a análise e o debate sobre os rumos da Campanha estiveram em pauta. A avaliação das ações e das conquistas já realizadas ao longo dos quatro anos da iniciativa, também estiveram presente. O jovem Felipe Freitas, que coordena o projeto “Juventude Viva” do governo federal, enfatizou que a Campanha foi a principal ação para pautar o tema na sociedade e motivar a criação dessa e de outras políticas públicas. 
Ler mais...
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Próximo > Final >>

Resultados 25 - 28 de 51